Logo de II ConER

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.

Entendi

Informe as credenciais

Fechar janela

Ainda não possuo cadastro

Esqueci minha senha

Anais do Evento

Download do arquivo PDF dos Anais do II Congresso de Energias Renováveis

BIOMASSA

PRODUÇÃO DE BIOGÁS A PARTIR DE BIOMASSA RUMINAL DE DIFERENTES GRUPOS GENÉTICOS DE OVINOS

Francivana Pedrosa Fernandes1, Edna Mendes Fortes2, Ismael dos Santos Cabral2, Jocélio dos Santos Araújo2

1Universidade Federal do Maranhão. Centro de Ciências Agrárias e Ambientais, 2Universidade Federal do Maranhão - Centro de Ciências Agrárias e Ambientais.
E-mail: ednamendesfortes640@gmail.com
 Além dos problemas ambientais ocasionados pela utilização das fontes de energias convencionais (petróleo, gás e carvão mineral), há outro fator que necessita de uma atenção especial, os resíduos gerados a partir do abate de animais. Para amenizar estes problemas, surge como uma alternativa a utilização de sistemas eficientes para o tratamento destes resíduos, que quando tratados tem grande potencial de geração de energia. Perante isso, objetivou-se avaliar a produção de biogás a partir de biomassa ruminal de diferentes grupos genéticos de ovinos. Foram utilizados 12 protótipos de biodigestores experimentais em batelada, que foram abastecidos com biomassa ruminal de dois grupos genéticos de ovinos (Rabo Largo e Santa Inês) que durante um período de confinamento foram alimentados com duas dietas caracterizadas como alto e baixo concentrado, com proporções de 70% e 30%, respectivamente. Após abate dos animais foram coletados todo conteúdo ruminal de acordo com os grupos genéticos e níveis de alimentação, sendo este, os materiais que constituíram a biomassa ruminal. Foi utilizado o delineamento inteiramente casualizado, com quatro tratamentos e três repetições. As variáveis analisadas foram: temperatura, pH, produção e pressão do biogás. A temperatura dos protótipos dos biodigestores se encontra na faixa mesofílica, que varia de 20°C a 40°C. o valor médio do pH foi de 6,76, próximo da neutralidade. A produção de biogás obteve média de 5,89 m³ e a pressão alcançou uma média de 0,12 bar, respectivamente. Não houve efeito significativo entre os tratamentos para todas as variáveis analisadas. A inoculação da biomassa ruminal dos diferentes grupos genéticos de ovinos estudadas, apresentaram condições favoráveis para a produção de biogás, demonstrando eficiência no processo de digestão anaeróbica.

Palavras-chave: biodigestor, digestão anaeróbica, resíduos sólidos.

Agradecimentos: GETSA, UFMA, FAPEMA.


Pesquisa por resumos apresentados

Pode-se escolher por um ou mais filtros de pesquisa