Logo de II ConER

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.

Entendi

Informe as credenciais

Fechar janela

Ainda não possuo cadastro

Esqueci minha senha

Anais do Evento

Download do arquivo PDF dos Anais do II Congresso de Energias Renováveis

BIOMASSA

BIOMASSA FLORESTAL COMO COMPONENTE DE UMA ECONOMIA DE BAIXO CARBONO NA CULTURA DO TABACO

Débora Luana Pasa1, Jorge Antonio de Farias1, Dionatan Hermes2

1Universidade Federal de Santa Maria, 2Japan Tobacco International
E-mail: debora.pasa@gmail.com
A preocupação ambiental é fato e vem sendo amplamente discutida ao longo dos últimos anos, visto que o desenvolvimento de uma economia está diretamente ligado a necessidade de manter as atividades ambientalmente sustentáveis. Assim, na luta para manter o equilíbrio ambiental, a economia de energia é uma medida importante para qualquer setor, entre eles o do tabaco, visto que se trata de uma atividade chave para a economia de pequenas propriedades rurais, tornando-se praticamente a única fonte de renda dentro da agricultura familiar nos três estados do Sul do Brasil. Nesse contexto, o objetivo desse trabalho foi analisar a eficiência energética e o consumo de biomassa florestal do tipo lenha, utilizada como fonte de combustível para a secagem das folhas de tabaco considerando duas unidades de cura tecnologicamente distintas. Isto posto, foi possível perceber que a Unidade de cura de Ar forçado, considerada a mais tecnológica, apresentou os melhores resultados, possuindo a maior eficiência no consumo com 3,14 kg de lenha para 1 kg de tabaco seco, valor este menor do que obtido na Unidade de cura Convencional, de 4 kg/kg. Também apresentou maior capacidade de secagem (32,38 kg/h), e menor consumo de energia (7.272,59 kJ.kg), tornando-se dessa forma uma alternativa de baixo carbono para a continuidade da atividade, no sentido de alcançar o objetivo de redução das emissões de GEE e o aumento da utilização de recursos naturais renováveis de forma mais eficiente.

Palavras-chave: eficiência energética, economia de baixo carbono, biomassa florestal, fumicultura.

Agradecimentos: Esse trabalho foi elaborado com o auxílio da CAPES (Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior) e da empresa JTI (Japan Tobacco International)


Pesquisa por resumos apresentados

Pode-se escolher por um ou mais filtros de pesquisa

O congresso visa o encontro de profissionais, pesquisadores, centros de pesquisa, empresas e universidades para debater o uso e aplicação dos tipos de energias renováveis, bem como sua importância na sociedade, incentivando a pesquisa e o desenvolvimento científico por meio de palestras e apresentações de trabalhos.