Logo de II ConER

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.

Entendi

Informe as credenciais

Fechar janela

Ainda não possuo cadastro

Esqueci minha senha

Anais do Evento

Download do arquivo PDF dos Anais do II Congresso de Energias Renováveis

BIOCOMBUSTÍVEIS

BIODIESEL A PARTIR DE SEBO BOVINO: UM MAPA TECNOLÓGICO DE PATENTES

Paulo Roberto da Silva1, Eliana Alhadef2

1Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), 2Universidade Federal do Rio de Janeiro
E-mail: roberto1silva@yahoo.com.br
O sebo bovino é um subproduto do processo de abate de animais, no qual pode ser utilizado para diferentes fins, como indústrias de alimentos, cosméticos e complemento na alimentação animal. Com o advento das tecnologias de produção de biocombustíveis, esse tipo de gordura animal tornou-se relevante na produção de biodiesel. Este trabalho tem como objetivo realizar um mapeamento tecnológico das patentes que utilizaram sebo bovino na produção de biodiesel por um período de dez anos (i.e, 2009-2019). Para isso, a abordagem metodológica foi desenvolvida por meio de uma pesquisa bibliográfica e análise de conteúdo, na qual foram utilizadas palavras-chave como “beef tallow” (sebo bovino) ou “animal fat” (gordura animal) no campo de pesquisa de cada plataforma eletrônica como European Patent Office (Espacenet) e Derwent Innovations Index (DII). A recuperação das informações contidas nos documentos de patentes foi avaliada individualmente para verificar se os registros encontrados tinham uma relação específica com o tema proposto para este trabalho. Dessa forma, a triagem inicial obteve 34 registros de patentes distribuídas em 8 famílias principais conforme os símbolos estabelecidos pela Classificação Internacional de Patentes (IPC). A pesquisa também mostrou três tipos de tecnologias principais abordadas: catalisadores, pré-tratamento e produção de biodiesel a partir de sebo bovino, o último correspondendo a 58,8% (20 patentes) com a China sendo o maior depositário destas tecnologias. Além disso, a pesquisa indicou a necessidade de um mapeamento mais profundo de outras tecnologias para minimizar as limitações físico-químicas do sebo bovino para gerar biodiesel de melhor pureza e qualidade.

Palavras-chave: biocombustível, gordura animal, desenvolvimento tecnológico, levantamento bibliográfico.

Agradecimentos: Instituto do Meio Ambiente do Acre


Pesquisa por resumos apresentados

Pode-se escolher por um ou mais filtros de pesquisa